Coronavírus

Covid-19. China rejeita mais estudos sobre as origens do coronavírus

Pequim critica arrogância da OMS.

Saiba mais...

A China recusa qualquer novo estudo às origens do coronavírus.

Governo chinês diz-se ainda totalmente surpreendido pela admissão da Organização Mundial da Saúde (OMS) de que o vírus pode ter escapado de laboratório.

A teoria ganhou força quando Donald Trump ainda era Presidente. Acabou por ser descartada mais tarde, inclusive por peritos da OMS que visitaram o país. No entanto, voltou a ganhar força porque a OMS pediu, na semana passada, mais informação sobre os laboratórios de Wuhan. Pedido que para a China é inaceitável.

O vírus, que terá saído da China no final de 2019, está agora diferente. A variante Delta, muito mais transmissível, vai dominar o planeta inteiro no final do verão, de acordo com novos estudos.

Na Austrália obriga a um confinamento, que já vai longo, e a um lamento. O primeiro-ministro pede desculpas pelo país estar muito atrasado na vacinação contra a covid-19.

Veja também:

  • 1:57