Coronavírus

Manifestações em França e Itália contra novas medidas de controlo da pandemia

Passe sanitário, aprovado pelo Parlamento francês, vai ser obrigatório na maioria dos locais públicos a partir de agosto.

Saiba mais...

O fim de semana foi marcado por manifestações em várias cidades da Europa devido às novas medidas de controlo da pandemia. Em França, o Parlamento aprovou o passe sanitário, que será exigido na maioria dos locais públicos e partir de agosto.

O passe sanitário, aprovado no domingo, apresenta algumas modificações, como a isenção para menores e em esplanadas de bares e restaurantes, bem como em centros comerciais por causa do acesso a supermercados. Os senadores também decidiram que a sua utilização deverá ser limitada até ao fim do Estado de Urgência sanitário, previsto até 31 de outubro.

Em Itália, o passaporte verde deverá tornar-se obrigatório a partir de 6 de agosto, durante o fim de semana milhares saíram às ruas para protestar contra a medida.

Devido à progressão da variante delta, mais contagiosa, vários países da Europa têm reforçado as medidas de controlo da pandemia e adotando outras restrições. Na Alemanha, por exemplo, admite-se restrições para os não vacinados e liberdades apenas para quem tenha a vacinação completa.

O Reino Unido pondera tornar obrigatório o certificado para grandes eventos desportivos.

Espanha é o país da Europa com a maior percentagem de população totalmente vacinada, quase 55%. A corrida às vacinas ocorre na altura em que o país assiste a um aumento de casos, para tentar travar o avanço do vírus. Várias regiões espanholas reforçam as medidas nos setores ligados ao lazer. Algumas autorizam um recolher noturno obrigatório.

Veja também: