Coronavírus

Covid-19: farmácias recomendam uso de máscara em casos específicos

Covid-19: farmácias recomendam uso de máscara em casos específicos
NurPhoto
Recomendação da Associação Nacional depois de o Governo ter anunciado o fim do uso obrigatório de máscara nos transportes e farmácias.

A Associação Nacional das Farmácias (ANF) recomenda a continuação do uso de máscara ou viseira nas farmácias, para prevenir a covid-19, em situações específicas e de mais vulnerabilidade.

“Nas situações de maior vulnerabilidade das pessoas que vivem com doença, ou na prestação de serviços de saúde nas farmácias realizados em gabinete de atendimento personalizado, a ANF recomenda a manutenção do uso de máscara ou viseira”, diz Ema Paulino, presidente da instituição, numa declaração enviada à agência Lusa.

A ministra da Saúde, Marta Temido, anunciou, esta quinta-feira, após uma reunião do Conselho de Ministros, que deixa de ser obrigatório o uso de máscara nos transportes públicos e nas farmácias de venda ao público, medida que se mantinha até agora devido à pandemia de covid-19.

O uso de máscara mantém-se obrigatório em estabelecimentos prestadores de saúde e de idosos.

A ANF diz que as farmácias aguardam agora a publicação do decreto-lei com a indicação da data em que a medida entra em vigor.

Também a Ordem dos Farmacêuticos, citada no portal do setor farmacêutico “Netfarma”, diz não acompanhar a decisão, esta quinta-feira, anunciada em Conselho de Ministros, já que “as farmácias são espaços de saúde” e “não faz sentido” dissociar os estabelecimentos prestadores de saúde das farmácias.

Últimas Notícias
Mais Vistos