Crise Migratória na Europa

Miguel, o português que foi para o Mediterrâneo salvar vidas

Exclusivo Online

Miguel, o português que foi para o Mediterrâneo salvar vidas

Miguel Duarte enfrenta a justiça italiana, com mais 9 companheiros.

Aos 24 anos, já com o curso de Física concluído, Miguel Duarte quis ser útil e juntou-se a uma organização não governamental alemã, a Jugend Rettet, e à tripulação do navio "Iuventa". Foram constituídos arguidos por suspeitas de auxílio à imigração ilegal, crime que em Itália pode valer 20 anos de prisão.

À SIC, em Lisboa, Miguel Duarte disse que "faria tudo outra vez" porque acredita que fez o que está certo: salvar as pessoas. Agora, procura angariar apoios institucionais e fundos necessários para pagar a defesa através de uma campanha de financiamento coletivo.