Presidenciais

Marisa Matias vs. Ana Gomes: extrema-direita é o inimigo comum, mas há temas que as separam

Debate Marisa Matias - Ana Gomes

José Fernandes

A bloquista Marisa Matias e a socialista apoiada pelo PAN e Livre Ana Gomes estiveram frente a frente em mais um debate entre candidatos à Presidência da República. Pode ver aqui os principais pontos do debate.

Polémica com procurador europeu foi o tema de arranque do debate

O Governo deu informações falsas ao Conselho da União Europeia para justificar a escolha do representante português na Procuradoria Europeia. Portugal foi um dos três países que não aceitou a decisão do Comité de Seleção Internacional, que tinha escolhido outra procuradora para ocupar o lugar.

O assunto tem sido discutido ao longo dos últimos dias e são já muitas as críticas ao Governo e houve até quem pedisse a demissão da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

Esta segunda-feira, o tema abriu o debate entre as candidatas à Presidência da República Marisa Matias e Ana Gomes, na SIC Notícias.

Ana Gomes mostrou-se contra a banalização de pedidos de demissão de ministros, apesar de considerar o caso "grave". Deixa a avaliação nas mãos de António Costa.

Marisa Matias classificou a situação de "vergonhosa" e afirmou que são precisas explicações da ministra. "A situação não fortalece Francisca Van Dunem mas temos de ouvir o que tem a dizer", sublinhou.

"É preciso apurar as responsabilidades", reforçou.

O debate na íntegra:

"O meu adversário direto é Marcelo Rebelo de Sousa"

A candidata do Bloco de Esquerda vê Ana Gomes como adversária, mas lembra: "Somos companheiras, amigas, mas tivemos tomadas de posição diferentes."

Marisa Matias considera que a sua candidatura é a que mais representa as causas dos jovens.

Ana Gomes admite ter falado com Marisa Matias sobre candidatura

Ana Gomes diz que a candidatura da Marisa Matias se insere numa lógica do partido que ela própria representa. "A minha candidatura é independente", frisa, admitindo que as duas falaram numa primeira fase.

Marisa Matias considera que as duas candidaturas, com programas diferentes, vão atrair mais eleitores para a esquerda.

Ana Gomes aponta contradições a Marisa Matias

"Não entendo que o BE tenha votado contra o Orçamento do Estado", disse Ana Gomes, lembrando que Marisa Matias afirmou, no frente a frente com Marcelo Rebelo de Sousa, que se fosse Presidente da República não vetaria o documento.

Ana Gomes acusou ainda o Bloco de Esquerda de se opor ao Euro.

Marisa Matias responde à adversária

Sobre o Orçamento do Estado, Marisa Matias respondeu a Ana Gomes e disse: "Não há nenhuma contradição em dizer que não é suficiente, mas o Orçamento não é inconstitucional".

Em relação à crítica sobre o Euro: "Sou muito crítica em relação à arquitetura do Euro, mas não é debate para aqui."

Defesa divide Marisa Matias e Ana Gomes

Em relação à área da defesa, a candidata do Bloco de Esquerda focou-se na crise dos refugiados. "O maior problema de defesa na União Europeia é a segurança e proteção das pessoas, por exemplo, os milhares de refugiados que já perderam a vida."

Em relação ao resto defende a cooperação.

"As questões da segurança e da defesa são demasiado importantes para serem deixadas à direita", sublinhou Ana Gomes, utilizando exemplos como o caso de Tancos, a cibersegurança, a proteção do mar e as forças de segurança.

Privados na saúde e estado de emergência unem candidatas

"Privados na saúde têm de ser usados e representados e não para fazer negócio", disse Marisa Matias, que contou com a aprovação de Ana Gomes.

A candidata do BE voltou a criticar o decreto do estado de emergência, merecendo novamente o apoio de Ana Gomes, que fala da banalização do estado de emergência.

A polémica Lei de Bases da Saúde

Ana Gomes concorda que o Serviço Nacional de Saúde precise de ser reforçado, mas, esta segunda-feira, durante o debate na SIC Notícias, questionou Marisa Matias sobre o apoio do Bloco de Esquerda à Lei de Bases da Saúde.

"Ainda sobre o Orçamento... Quando o Presidente da República tirou o tapete à ministra da Saúde quando ela tentou aplicar a Lei de Bases da Saúde para atender doentes covid e não covid, não vi o Bloco a apoiar a ministra. Era o momento de quem defende o SNS de sair e apoiar a ministra, não?!"

A candidata Marisa Matias apenas afirmou que defende tudo o que está na Lei de Bases da Saúde e sublinhou que numa situação de pandemia, devem ser utilizadas todas as capacidades disponíveis.

"A extrema-direita é a minha inimiga"

Ana Gomes criticou Marcelo Rebelo de Sousa por ter aprovado o acordo da direita nos Açores. Em relação a André Ventura, preferiu dizer que a extrema-direita é a sua verdadeira inimiga, lembrando que há mais pessoas para além do líder do Chega. Mas deixou ainda algumas considerações ao programa do Chega: "semeia o ódio, a divisão e a insegurança".

"Normalizar o Chega é muito perigoso", sublinhou.

Acredita que os eleitores que votam nos partidos de extrema-direita estão apenas desiludidos. "É nossa obrigação recuperar essas pessoas e denunciar quem está a tentar arrebanhá-las".

"Quero combater quem quer que voltemos à ditadura e para que projetos autoritários não vençam. Acredito que é pela democracia que nos salvaremos".

Questionada sobre a possibilidade de ficar atrás do Chega nas eleições, Ana Gomes desvalorizou e disse que nasceu política e que vai ser sempre política.

"Eu quero mostrar aos portugueses que posso ser uma Presidente diferente".

"Toda a esquerda é necessária estar mobilizada"

"Vamos derrotar André Ventura", disse Marisa Matias. A candidata do BE criticou a postura do PSD e do Presidente da República em relação ao partido de André Ventura.

"O que faz cavalgar a política do medo é não haver respostas para as pessoas, haver um sistema corrupto. Estou convicta que derrotarei André Ventura."

Os próximos debates transmitidos pela SIC e SIC Notícias serão André Ventura - Tiago Mayan (amanhã às 22:00 na SIC Notícias); Marcelo Rebelo de Sousa - André Ventura (quarta-feira às 21:00 na SIC); Marisa Matias - André Ventura (quinta-feira às 21:00 na SIC); e Marisa Matias - Tiago Mayan (sábado às 22:00 na SIC Notícias).