UEFA Euro 2020

O percurso da Dinamarca até às meias-finais do UEFA Euro 2020

Objetivo agora é chegar à final e quem sabe repetir o feito alcançado em 1992.

A Dinamarca é a sensação deste Europeu. O percurso até às meias-finais ficou marcado pela paragem cardíaca de Christian Eriksen no jogo com a Finlândia.

O duelo nórdico foi o pontapé de saída para Dinamarca e Finlândia no Campeonato da Europa, mas o futebol rapidamente foi relegado para segundo plano. Cristian Eriksen caiu inanimado e chegou a temer-se o pior em Copenhaga. O jogador sofreu uma paragem cardíaca e foi transportado para o hospital. Mais tarde soube-se que estava fora de perigo e o encontro acabou por ser retomado.

O encontro seguinte até começou bem frente à favorita Bélgica, mas Kevin de Bruyne entrou ao intervalo e tudo mudou. A Dinamarca sofreu uma nova derrota e parecia estar com um pé fora do Europeu.

Sempre com vontade de homenagear Eriksen, a seleção de Kasper Hjulmand foi arranjar forças para alcançar uma goleada frente à Rússia por 4-1. Um resultado que lhe permitiu passar aos oitavos-de-final no segundo lugar do grupo B, atrás da Bélgica.

Seguiu-se o País de Gales, que também não se livrrou de uma pesada derrota por 4-0. Estava dada mais uma prova que esta Dinamarca deve ser mesmo levada à sério.

E já neste sábado, com triunfo sobre a República Checa, a equipa chegou pela quarta vez a uma meia-final da competição. O objetivo agora é chegar à final e quem sabe repetir o feito alcançado em 1992.