Eutanásia

Costa defende "liberdade de decidir de acordo com a sua consciência"

Costa defende "liberdade de decidir de acordo com a sua consciência"

O primeiro-ministro admitiu este sábado que a eutanásia é um tema sensível, mas afirma que a morte assistida deve estar prevista na lei. Já Marcelo Rebelo de Sousa não se pronuncia sobre o que vai fazer e diz que não toma posição sobre diplomas antes destes serem aprovados pelo Parlamento.

As quatro propostas vão ser discutidas e votadas pelos deputados já na próxima terça-feira.