Football Leaks

Football Leaks. Francisco Louçã diz que Rui Pinto é um denunciante

Loading...

Conselheiro de Estado foi ouvido hoje como testemunha.

Francisco Louçã disse esta quinta-feira, no Tribunal que julga Rui Pinto, que “Luanda Leaks abriu uma luz numa sala que estava às escuras” que permitiu investigar capitais angolanos em Portugal.

O antigo líder do Bloco de Esquerda é uma das testemunhas chamadas pela defesa para mostrar que a informação recolhida pelo arguido é de interesse público.

Francisco Louçã centrou as suas declarações nos efeitos do caso conhecido como Luanda Leaks que expôs os negócios opacos de Isabel dos Santos.

Na sessão de julgamento, o conselheiro de Estado evitou sempre opinar sobre a forma como o pirata informático terá conseguido a documentação, mesmo quando pressionado pelos advogados que representam as empresas às quais Rui Pinto acedeu ilegalmente.

Apesar de defender que os fins nunca justificam os meios, Francisco Louçã admite que quando um procurador recebe um mapa com informação financeira sobre empresas deve investigar.

Na próxima semana, o julgamento entra na 40.ª sessão. Serão ouvidos Miguel Poiares Maduro e Rui Santos.

Veja também:

Últimas Notícias
Mais Vistos