George Floyd

Minneapolis quer desmontar departamento da polícia

Stringer .

Estado dos EUA iniciou uma investigação de direitos civis após a morte de George Floyd.

A maioria dos membros do Conselho da Cidade de Minneapolis disse que apoia a dissolução do departamento de polícia da cidade, num momento em que o estado iniciou uma investigação de direitos civis após a morte de George Floyd.

Nove dos 12 membros do conselho compareceram com ativistas num comício num parque da cidade no domingo à tarde e prometeram acabar com o policiamento como a cidade o conhece atualmente.

O membro do conselho Jeremiah Ellison prometeu que o conselho "desmontará" o departamento.

"É claro que o nosso sistema de policiamento não está a manter as nossas comunidades seguras", disse a presidente do conselho, Lisa Bender.

Lisa Bander acrescentou que, tanto ela, como os restantes oito membros que participaram da manifestação, estão comprometidos em encerrar o relacionamento da cidade com a força policial.

O objetivo é "terminar o policiamento como o conhecemos e recriar sistemas que realmente nos mantêm seguros", sublinhou.

George Floyd, afro-americano de 46 anos, morreu em 25 de maio, em Minneapolis, Estado do Minnesota, depois de um polícia branco lhe ter pressionado o pescoço com um joelho durante cerca de oito minutos numa operação de detenção, apesar de Floyd dizer que não conseguia respirar.

Desde a divulgação das imagens nas redes sociais, têm-se sucedido os protestos contra a violência policial e o racismo em dezenas de cidades norte-americanas, algumas das quais foram palco de atos de pilhagem.

O estado de Minnesota iniciou uma investigação de direitos civis do departamento na semana passada, e as primeiras mudanças concretas ocorreram na sexta-feira, num acordo estipulado em que a cidade concordou em proibir estrangulamentos durante as operações policiais.

Uma reformulação mais completa do departamento provavelmente ocorrerá nos próximos meses.

A mudança para desfazer ou abolir o departamento de Minneapolis está longe de ser garantida, com a investigação sobre direitos civis provavelmente a desenrolar-se nos próximos meses.

Dissolução de um departamento policial já ocorreu em 2012

A dissolução de um departamento inteiro já aconteceu antes. Em 2012, com o crime a subir de forma acentuada em Camden, Nova Jersey, a cidade dissolveu o departamento de polícia e substituiu-o por uma nova força que cobria o Condado de Camden.

Compton, Califórnia, deu o mesmo passo em 2000, mudando o seu policiamento para o condado de Los Angeles.

Veja também: