George Floyd

George Floyd. Ouvidas em tribunal testemunhas abonatórias da defesa do agente Derek Chauvin

Antigo agente da polícia ouvido considerou "uso da força justificado".

Onze dias depois do início do julgamento à morte de George Floyd, começaram a ser ouvidas em tribunal as testemunhas abonatórias da defesa do agente Derek Chauvin.

O testemunho considerado mais importante foi o de Barry Brodd, um antigo agente da polícia, agora consultor, que já tinha sido chamado a prestar declarações num outro caso de violência polícial, que resultou na morte de um jovem de 17 anos e na condenação do agente Jason van Dyke da polícia de Chicago, em 2018.

Na altura, como agora, a testemunha abonatória considerou que o uso da força foi justificado.

  • A árdua experiência com a sustentabilidade 

    Mundo

    E se alguém lhe dissesse que passaria a viver num quarto, com eletricidade apenas para pequenos utensílios domésticos, sem aquecimento central, ar condicionado ou água quente. Teria apenas três conjuntos de roupa, sem máquina de lavar ou secar, faria dieta local sem produtos de origem animal e não andaria de automóvel nem de avião?

    Opinião

    João Abegão