Queda do BES

Estado paga a defesa das sociedades mais importantes do Grupo Espírito Santo

Foi através da Espírito Santo International que começou o colapso do império.

O Estado está a pagar a defesa das sociedades mais importantes do Grupo Espírito Santo (GES), entre as quais a Espírito Santo Irmãos e a Espírito Santo International, casa mãe do GES, através da qual eram controladas as empresas de várias áreas de negócios.

Foi através da Espírito Santo International (ESI) que começou o colapso do império quando se descobriu que a sociedade tinha as contas falsificadas.

Manuel Fernando Espírito Santo Silva, um dos primos do clã, era o legal representante da International. Foi ele que teve que assinar a constituição de arguido em nome da sociedade, que entretanto entrou em falência técnica.

No entanto nem Manuel Fernando, nem outro elemento da família, tomou a iniciativa de contratar um advogado para defender a ESI.

Acusadas de burla qualificada no processo, são agora defendidas por um advogado oficioso.

Veja também:

  • 3:09