Guerra Rússia-Ucrânia

Agência Internacional de Energia Atómica vai visitar central nuclear de Zaporijia

Loading...
A confirmação foi dada, na manhã desta quinta-feira, pelo Governo ucraniano.

A Agência Internacional de Energia Atómica vai visitar a central nuclear de Zaporijia, a convite da Ucrânia. A confirmação foi dada, na manhã desta quinta-feira, pelo ministro dos negócios estrangeiros ucraniano, numa publicação do Twitter. Durante a noite, Kharkiv voltou a ser alvo dos bombardeamentos de Moscovo.

Kharkiv tem sido um dos principais palcos do conflito entre a Ucrânia e a Rússia, e a noite desta quarta-feira foi um exemplo disso mesmo, depois de vários bombardeamentos russos terem destruído um dormitório e um edifício residencial. Noutros episódios semelhantes passados na cidade, 11 pessoas perderam vida, incluindo três crianças, e 35 ficaram feridas. Ainda nesta quarta-feira um míssil destruiu também o edifício de uma das universidades de Mykolaiv, no sul da Ucrânia.

O reitor desta instituição mostrou indignação acerca deste ataque, e questionou o porquê do exército russo realizar estas ofensivas, que segundo o próprio "não vão destruir o espírito [ucraniano]."

Já na central nuclear de Zaporíjia, a tensão aumenta. O exército ucraniano levou a cabo um treino para a eventualidade de acontecer um desastre nuclear, e Volodymyr Zelensky já garantiu que está a ser criado um plano para a Agência internacional de energia atómica enviar uma equipa a Zaporijia. Entretanto, esta notícia já foi confirmada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, através de uma publicação no Twitter.

Neste momento as forças russas ocupam a central nuclear, mas o Governo de Kiev já exigiu que as tropas do Kremlin abandonassem o local, exigência essa não atendida por Moscovo.

Últimas Notícias
Mais Vistos