Guerra Rússia-Ucrânia

Número de mortos em ataque russo a estação ferroviária sobe para 25

Número de mortos em ataque russo a estação ferroviária sobe para 25
SERGEI SUPINSKY / Getty Images

O anterior balanço dava conta de 22 mortos.

O número de mortos num ataque com mísseis lançado na quarta-feira pelas forças russas contra uma estação ferroviária na região de Dnipropetrovsk, no centro da Ucrânia, subiu para 25, segundo um novo balanço das autoridades ucranianas divulgado esta quinta-feira.

As mesmas fontes precisaram que entre as 25 vítimas mortais constam dois menores e que outras 31 pessoas ficaram feridas no ataque, que foi denunciado, na quarta-feira, pelo Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, quando intervinha, por videoconferência, numa reunião do Conselho de Segurança da ONU.

"Na sequência do bombardeamento de uma área residencial e da estação ferroviária, 25 pessoas morreram, duas delas menores. Um rapaz de 11 anos morreu debaixo dos escombros de uma casa, outro rapaz de 6 anos morreu num carro perto da estação ferroviária", disse o chefe-adjunto do gabinete presidencial, Kyrylo Tymoshenko, numa mensagem publicada na rede social Telegram.

O representante acrescentou que as operações de busca e salvamento na área atingida pelo ataque foram dadas como concluídas.

Durante a sua intervenção no Conselho de Segurança da ONU, numa reunião realizada no dia em que se celebrava o Dia da Independência da Ucrânia e se assinalavam simultaneamente seis meses desde o início da invasão lançada pela Rússia, Volodymyr Zelensky relatou que os projéteis tinham atingido diretamente os vagões que estavam na estação ferroviária e que quatro deles tinham ardido.

Últimas Notícias
Mais Vistos