Guerra Rússia-Ucrânia

Anexação russa: festa a ser preparada nas ruas de Moscovo

Loading...
Os preparativos para a festa da anexação começaram logo depois de conhecidos os resultados dos referendos.

Depois do Kremlin confirmar a anexação das quatro regiões ucranianas de Donetsk, Lugansk, Kherson e Zaporijia, começaram os preparativos para a festa.

Esta sexta-feira, numa cerimónia oficial, Vladimir Putin e os líderes separatistas das quatro regiões referendadas viajam para Moscovo para assinarem os respetivos tratados de incorporação na Federação Russa.

Esta cerimónia tem a oposição da Ucrânia e dos seus aliados, que não reconhecem a legalidade das consultas populares.

Os Estados Unidos admitem a imposição de mais medidas punitivas a Moscovo, enquanto que a União Europeia já começou a discutir o oitavo pacote de sanções. Algumas das medidas deste pacote são o aumento das proibições de exportações e de embargos a produtos russos, mas também um alargamento da lista de indivíduos sancionados. Esta é a resposta europeia aos referendos, mas também à ameaça nuclear de Vladimir Putin e à mobilização de milhares de soldados russos para a Ucrânia.

As imagens dos treinos dos novos recrutas contrastam com as imagens das longas filas junto às fronteiras de russos que recusam combater e que fogem com as famílias. Em alguns pontos fronteiriços, já há relatos de que as autoridades russas estão a instalar gabinetes de recrutamento para intercetar alguns soldados que tentam sair do país.

O presidente da Duma relembrou que a fuga à mobilização é um crime.

Últimas Notícias