Guerra Rússia-Ucrânia

Guerra na Ucrânia: Rússia envia para casa metade dos recrutas mobilizados numa região

Loading...

Numa altura em que Moscovo sofre mais uma derrota.

A Rússia voltou a enviar para casa metade do pessoal que tinha sido mobilizado numa região oriental do país.

As autoridades russas anunciaram a demissão do responsável militar da região de Khabarovsk, depois de terem sido convocadas para a guerra na Ucrânia milhares de pessoas sem condições para combater.

Estas pessoas não correspondiam aos critérios de recrutamento para a guerra, onde Moscovo acabou de sofrer mais uma derrota: perdeu a importante cidade de Lyman, na província de Donetsk, e estará também a perder terreno na região sul de Kherson.

A mobilização russa, que abrange 300.000 mil reservistas, levou dezenas de milhares de russos a fugir para países vizinhos.

Desconhece-se o número de baixas civis e militares da guerra na Ucrânia, mas diversas fontes, incluindo a ONU, têm afirmado que será muito elevado.

Últimas Notícias
Mais Vistos