Guerra Rússia-Ucrânia

EUA estão a ponderar financiar Starlink de Elon Musk na Ucrânia

EUA estão a ponderar financiar Starlink de Elon Musk na Ucrânia
STRINGER
O Pentágono informou que está a avaliar um possível financiamento depois de Elon Musk ter dito que iria continuar a assumir os custos do Starlink na Ucrânia.

Os Estados Unidos estão a ponderar financiar a rede de satélites Starlink, de Elon Musk, na Ucrânia, um sistema fundamental para assegurar a comunicação entre os militares ucranianos.

Na semana passada, a empresa SpaceX, de Elon Musk, afirmou que não conseguia financiar o serviço durante muito mais tempo e pediu ajuda aos EUA para assegurar os custos.

Entretanto, Elon Musk garantiu que vai continuar a suportar os custos do Starlink na Ucrânia, mas agora é o Pentágono que admite financiar a rede de satélites.

A operação já custou à empresa SpaceX mais de 80 milhões de dólares e prevê-se que vá exceder os 100 milhões até ao fim do ano.

Os terminais de internet via satélite Starlink feitos pela SpaceX de Elon Musk têm sido uma fonte vital de comunicações para os militares ucranianos, permitindo que lutem e permaneçam ligados mesmo quando as redes de telemóveis e a internet são destruídas na guerra com a Rússia.

Até agora, foram doadas à Ucrânia cerca de 20.000 unidades de satélites Starlink.

Futuro Hoje: a rede de Musk na guerra e em Portugal

A guerra na Ucrânia deu grande visibilidade à enorme rede de satélites criada por Elon Musk. No Futuro Hoje mostramos o que é e como funciona este novo acesso à Internet, já disponível em Portugal. Mas começamos por mostrar como já foi importante para uma das equipas da SIC na frente de combate.

Loading...
Últimas Notícias