Guerra Rússia-Ucrânia

Zelensky acusa Rússia de disparar mísseis sobre o corredor de transporte de cereais

Loading...
O Presidente ucraniano diz que esta é uma ameaça direta às exportações de alimentos.

Volodymyr Zelensky acusa a Rússia de disparar mísseis sobre o corredor de transporte de cereais. O Presidente ucraniano diz que esta é uma ameaça direta às exportações de alimentos. O Governo russo tinha anunciado esta quarta-feira o regresso ao acordo assinado com a Ucrânia para garantir a exportação de cereais, depois de considerar "suficientes" as garantias recebidas por parte da ONU e da Turquia.

O Presidente russo, Vladimir Putin, deixou, no entanto, o aviso de que suspenderia novamente o acordo de exportação de cereais ucranianos se Kiev violasse as garantias escritas de não utilizar o corredor humanitário e os portos ucranianos para fins militares.

Esta foi uma das exigências da Rússia para retomar a sua participação no pacto, que expirará a 19 de novembro e cujo prolongamento Moscovo está a estudar, juntamente com uma investigação exaustiva do suposto ataque ucraniano de 29 de outubro contra a frota russa do mar Negro em Sebastopol.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, saudou a decisão russa de reativar o acordo para a exportação de cereais a partir da Ucrânia, afirmando que se esforçará por prorrogá-lo além do prazo de 19 de novembro.

A ofensiva militar lançada a 24 de fevereiro pela Rússia na Ucrânia causou já a fuga de mais de 13 milhões de pessoas -- mais de seis milhões de deslocados internos e mais de 7,7 milhões para países europeus.


Últimas Notícias