Guerra Rússia-Ucrânia

Putin alerta para a necessidade de retirar civis da região de Kherson

Putin alerta para a necessidade de retirar civis da região de Kherson
Grigory Sysoyev

Autoridades russas dizem que esta semana foram deslocados cerca de 70 mil habitantes da região.

O Presidente russo, Vladimir Putin, disse esta sexta-feira que os civis da região de Kherson, na Ucrânia, devem ser evacuados da zona de conflito.

"Agora, claro, aqueles que vivem em Kherson devem ser removidos da zona das ações mais perigosas, porque a população civil não deve sofrer", disse Putin aos apoiantes do Kremlin, ao assinalar o dia da Unidade Nacional da Rússia.

A observação de Putin foi transmitida na televisão estatal russa e relatada pela agência noticiosa estatal RIA.

Funcionários russos instalados na região de Kherson, uma das províncias ucranianas anexadas pela Federação Russa, apelaram para que os civis abandonassem o oeste da região, onde as forças ucranianas voltaram a recuperar terreno nas últimas semanas.

Na quinta-feira, o vice-governador russo Kirill Stremousov, lançou vários apelos em vídeo para que os civis abandonassem a parte da província localizada na margem ocidental do rio Dnipro, uma vez que as forças russas provavelmente iriam ceder, em breve, o local para a Ucrânia, admitiu.

A Rússia anexou Kherson, passando a controlar tanto o acesso terrestre, como grande parte do abastecimento de água à Crimeia. Esta continua a ser a única capital regional que a Rússia capturou desde Fevereiro do presente ano.

A Ucrânia anunciou uma contraofensiva em Kherson, em Agosto, o que já levou a que o general Sergei Surovikin, comandante das tropas russas na Ucrânia, descreve-se a situação vivida na região como “difícil”.

Últimas Notícias
Mais Vistos