Guerra Rússia-Ucrânia

EUA repreendem Zelensky por culpar a Rússia pela queda de míssil na Polónia

EUA repreendem Zelensky por culpar a Rússia pela queda de míssil na Polónia
Conselheiro de Segurança Nacional dos EUA ligou para o gabinete do Presidente para pedir mais cuidado nas declarações sobre o incidente.

Os Estados Unidos repreenderam o Presidente ucraniano por ter culpado a Rússia pela queda do míssil na Polónia. A informação é avançada pela CNN Internacional.

Após as declarações de Volodymyr Zelensy, o Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos ligou para o gabinete do Presidente para pedir mais cuidado nas declarações sobre o incidente.

O Presidente ucraniano terá pedido para conversar com Joe Biden na noite da queda do míssil, mas o Presidente norte-americano não entrou em contacto com Zelensky.

Nessa noite, Joe Biden conversou apenas com o Presidente polaco Andrzej Duda.

Equipa de investigadores já chegou ao local

Investigadores ucranianos e o Presidente polaco chegaram esta quinta-feira ao local onde caiu o míssil de defesa antiaérea da Ucrânia, na Polónia.

O gabinete do Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky avançou que uma equipa de investigadores já se encontra no local, depois de ter confirmado anteriormente que teriam acesso ao ponto central dos acontecimentos.

Esta é uma investigação que está a ser conduzida, para além da Polónia, pelos Estados Unidos da América, que defendem que, até agora, não há indícios que contrariem a avaliação preliminar de que a explosão foi provocada por um míssil de defesa antiaérea da Ucrânia.

A NATO também já se tinha pronunciado neste sentido, dizendo que, ao contrário do que se pensava inicialmente, o míssil tinha origem ucraniana.

Últimas Notícias