I Liga

Rúben Amorim põe travão na euforia: "É bom estar na frente mas vale o que vale"

Sporting joga este sábado em Guimarães.

O treinador do Sporting, Ruben Amorim, rejeitou esta sexta-feira que o Sporting seja a equipa que pratica o melhor futebol na I Liga e voltou a colocar um travão na eventual euforia resultante da liderança do campeonato.

Na antevisão da partida de sábado, frente ao Vitória de Guimarães, o técnico dos leões insistiu no discurso "jogo a jogo" e lembrou também que a equipa vai ter "altos e baixos" durante a época, que ainda só teve seis jornadas."

"Não concordo que o Sporting seja a melhor equipa a jogar em Portugal. Isso vê-se jornada a jornada, à segunda era o FC Porto, depois de uma vitória por 5-0, depois foi o Benfica que ia na frente, o Sporting de Braga que já não perdia há vários jogos e agora [diz-se que] é o Sporting", desvalorizou o treinador 'leonino' em conferência de imprensa na Academia de Alcochete.

Por isso, Ruben Amorim procurou, ao longo da semana, "desconstruir tudo em volta do primeiro lugar", sublinhando que a única forma de manter a liderança é "vencendo o próximo jogo", frente a um Vitória de Guimarães que é "uma excelente equipa", que luta por "objetivos altos" e que tem individualidades como "Edwards e Quaresma, que podem fazer a diferença".

Ainda assim, garantiu que "o Sporting está preparado para as dificuldades", mas rejeitou que a partida no Estádio D. Afonso Henriques se torne menos complicada para a jovem equipa 'leonina' por decorrer à porta fechada, devido à pandemia de covid-19.