Incêndios em Portugal

Incêndios: Marcelo diz que responsabilidades políticas se apuram no fim

Loading...
Presidente da República adianta que serão anunciadas novas medidas na sexta-feira.

O Presidente da República defende que o apuramento de eventuais responsabilidades políticas nos incêndios do último mês não se faz "durante a guerra", mas no fim.

No entanto, Marcelo Rebelo de Sousa defende que fatores como a seca, as temperaturas elevadas e os ventos fortes trazem uma nova realidade para o combate. Depois de assistir ao briefing da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Marcelo Rebelo de Sousa adiantou ainda que esta sexta-feira serão anunciadas novas medidas para enfrentar as próximas duas semanas, em que o risco de incêndio vai aumentar.

A última vez que o Presidente da República se pronunciou sobre incêndios foi há mais de um mês, na Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.

Na altura para apelar a um esforço coletivo de prevenção. Agora para insistir no mesmo apelo.
Sobretudo nas próximas duas semanas, em que as previsões metereológicas antecipam risco máximo de incêndio.

Para as enfrentar, o PR adianta que esta sexta-feira serão anunciadas novas medidas.

Desde então, passou um mês em que se acumularam criticas de escassez de meios e de falta de coordenação no terreno, em particular no grande incêndio da Serra da Estrela.

Mas o Presidente opta por sublinhar fatores de dificuldade extra, que obrigam a uma análise diferente dos incêndios das últimas semanas. Atenuantes a que acrescenta a multiplicação de ocorrências e uma gestão que envolve vários municipios e um desafio acrescido de coordenação.

Últimas Notícias
Mais Vistos