Incêndios em Portugal

Incêndio em Vila Real "está a aproximar-se" de posto de combustível

Incêndio em Vila Real "está a aproximar-se" de posto de combustível
SIC
Fogo está a ser combatido por mais de 300 operacionais.

O incêndio que começou na aldeia de Samardã, em Vila Real, "avança a grande velocidade" devido ao vento muito forte, estando a ser combatido por mais de 300 operacionais.

De acordo com a GNR, a A24 foi cortada ao trânsito entre os nós de São Tomé do Castelo e de Vila Pouca de Aguiar, enquanto a Estrada Nacional 2 (EN2), que esteve cortada também devido a este fogo, já reabriu.

As chamas estavam a aproximar-se de várias casas e de um posto de combustível.

Segundo fonte dos Bombeiros Voluntários Cruz Branca, "há operacionais destacados e de prevenção junto ao posto de combustível e, para já, embora esteja próximo, [o fogo] não está direcionado para aquela zona". "O perigo pode estar na mudança de direção do vento", explicou.

A equipa da SIC estava no local e testemunhou a violência com que as chamas se aproximaram de casas e pessoas.

Loading...

A página da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) detalhava às 17:05 que estavam no local 328operacionais, apoiados por 93 veículos e três aeronaves.

O alerta para aquele incêndio foi dado às 07:03.

Portugal entrou hoje, às 00:00, em situação de alerta devido ao "agravamento do risco de incêndio rural" e ao aumento das temperaturas, após semanas com fogos que, só na serra da Estrela, destruiu mais de 28 mil hectares.

A situação de alerta, anunciada na sexta-feira, mas formalizada no sábado, por decisão dos ministérios da Administração Interna, Defesa Nacional, do Trabalho, da Saúde, do Ambiente e da Agricultura, prevê medidas extraordinárias e será reavaliada pelo Governo na segunda-feira.

Últimas Notícias
Mais Vistos