Isabel II

Morte de Isabel II: Portugal decreta três dias de luto nacional

Morte de Isabel II: Portugal decreta três dias de luto nacional
WPA Pool
Um dos dias do luto nacional coincide com o dia do funeral de Estado da monarca britânica.

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o decreto que declara três dias de luto nacional pela morte da Rainha Isabel II do Reino Unido, cumprindo-se nos dias 18, 19 e 20 de setembro.

"Sua Majestade a Rainha Isabel II do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte marcou profundamente a segunda metade do século XX e o primeiro quartel do século XXI. Assim, neste momento de prolongado e profundo luto no nosso mais antigo Aliado, entende o Governo declarar o luto nacional nos dias 18, 19 e 20 de setembro de 2022", justifica o Conselho de Ministros.

Em comunicado, sublinha-se que o decreto de três dias de luto nacional é a "justa homenagem a sua Majestade a Rainha Isabel II".

Um dos dias do luto nacional coincide com o dia do funeral de Estado da monarca britânica, que se realizará no dia 19 de setembro e no qual Portugal estará representado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

A rainha Isabel II morreu na passada quinta-feira no Castelo de Balmoral, na Escócia, após mais de 70 anos do mais longo reinado da história do Reino Unido.

A urna da monarca encontra-se em câmara ardente no Palácio de Westminster até ao funeral de Estado na segunda-feira na Abadia de Westminster, também em Londres.

Durante os próximos quatro dias, o salão onde está colocada a urna estará aberto ao público 24 horas por dia.
Elizabeth Alexandra Mary Windsor nasceu em 21 de abril de 1926, em Londres, e tornou-se Rainha de Inglaterra em 1952, aos 25 anos, na sequência da morte do pai, George VI, que passou a reinar quando o seu irmão abdicou.

Após a morte da monarca, o seu filho primogénito assume aos 73 anos as funções de rei como Carlos III.

Últimas Notícias
Mais Vistos