A SIC em Tóquio

Um Vislumbre de Tóquio

Enviados SIC

SIC

O testemunho do jornalista da SIC, Miguel Guerreiro, enviado a Tóquio para acompanhar os Jogos Olímpicos.

Uma vida a criar expectativas sobre esta cidade e, em seis dias aqui, tudo o que consigo alcançar é parte de um pequeno bairro da zona de Minato. Vejo mais no jornal, que todos os dias o hotel deixa à porta do quarto, do que na varanda deste 8º andar.

Já pedimos na receção para nos darem acomodação num piso superior, mas não lhes é possível fazer a troca - não sabemos porquê, já que o hotel parece vazio. Mas lá devem ter as suas razões, princípios ou regras “niponicamente” inquebráveis.

Mesmo assim, não nos podemos queixar. Há jornalistas portugueses noutros hotéis a cumprir quarentena só com uma janela que nem abre na totalidade. Aqui, pelo menos, sempre conseguimos escapar ao confinamento de quatro paredes.

A vista do pequeno balcão pode ser limitada, mas dá para alimentar outros sentidos. Lá fora cheira bem, o ruído é pouco e permite perceber que os pássaros aqui têm um cantar diferente, o ar confirma o seu peso em calor e humidade e há bambu mais alto do que eucaliptos.

E também dá para ir recebendo visitas em tempo de distanciamento, porque ninguém consegue impor limites à Natureza. Logo na noite em que chegámos um besouro fez questão de invadir o meu espaço, certamente para me dar as boas vindas.

Depois lancei-o de novo para a liberdade, que neste dias passei a respeitar ainda mais. O encontro foi rápido, mas ficou registado e até teve direito a relatório vindo de Lisboa, assinado pela minha irmã: “Trata-se de um besouro dourado, dos que parecem joias”.

Esta conclusão fez-me pensar além da biologia. Não estará outro sentido, o 6º, a querer dar um sinal sobre a razão da minha visita a Tóquio? É que apesar de estarmos aqui fechados não nos podemos esquecer que viemos por causa do maior evento desportivo do planeta, em que há 92 portugueses à procura de medalhas douradas, joias que refletem o esforço, a dedicação e o talento de alguns dos melhores atletas.

Acredito que estas podem ser as olimpíadas mais medalhadas de sempre para Portugal.