Orçamento do Estado

Governo prevê défice entre os 7% e os 7,5% em 2020

JOSÉ SENA GOULÃO

As linhas gerais do Orçamento do Estado para 2021 já começaram a ser apresentadas aos partidos.

O Governo prevê um défice entre os 7% e os 7,5% este ano.

As previsões macroeconómicas do executivo apontam para um défice de 4% para o próximo ano. As previsões do crescimento da economia portuguesa ainda não são conhecidas.

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, e o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, começaram a apresentação aos partidos das linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021).

As reuniões, que se realizam ao abrigo do Estatuto do Direito de Oposição, abrangem os partidos com representação parlamentar (à exceção do PS, que sustenta o Governo), bem como as duas deputadas não inscritas.

O Governo já informou que pretende entregar a proposta de Orçamento do Estado na Assembleia da República no dia 12 de outubro.

Primeiro-ministro espera um "bom orçamento para bons resultados"

O primeiro-ministro espera poder continuar a contar com o Bloco de Esquerda e o PCP para produzir um bom orçamento para o próximo ano.

Palavras de António Costa no dia em que começaram as reuniões entre o Governo e os partidos.