Orçamento do Estado

Ministro das Finanças entregou proposta de OE na Assembleia da República

JOSÉ SENA GOULÃO

Será votada na generalidade no próximo dia 28.

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, entregou hoje ao presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, a proposta de Orçamento do Estado para 2021, que será votada na generalidade no próximo dia 28.

João Leão entrou no gabinete do presidente da Assembleia da República pelas 20:58, acompanhado pela secretária de Estado do Orçamento, Cláudia Joaquim, e pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro.

Este é o primeiro Orçamento de João Leão enquanto ministro das Finanças, cargo que passou a desempenhar em junho passado, depois de ter substituído nessas funções o atual governador do Banco de Portugal, Mário Centeno.

A conferência de imprensa para apresentação pública da proposta de Orçamento do Estado para 2021 está marcada para terça-feira, pelas 09:00, no salão nobre do Ministério das Finanças.

A proposta de Orçamento do Estado para 2021 agora entregue na Assembleia da República, que não tem ainda assegurado um princípio de acordo com o Bloco de Esquerda ou com o PCP para a sua viabilização, aponta para uma recuperação da economia portuguesa na ordem dos 5,4%, após uma quebra na ordem dos 8,5% este ano.

O défice no próximo ano, de acordo com as projeções apresentadas pelo executivo aos partidos, deverá atingir os 4,3% em 2021, ficando em 7,3% em 2020.