Orçamento do Estado

“Se o Governo quer injetar dinheiro na economia é importante que não o tire às famílias”

A reação do CDS ao Orçamento do Estado para 2021.

Cecília Meireles disse esta terça-feira, depois da apresentação do Orçamento do Estado pelo ministro das Finanças, que este não é Orçamento que o país precisa e que a visão de recuperação económica se resume a gastar dinheiro público.

A deputada do CDS considera que há uma grande desconfiança do Governo relativamente à iniciativa privada, nomeadamente aos trabalhadores por conta própria e das empresas que “continuam a lutar para sobreviver”.

Sobre o alívio da carga fiscal, diz que este documento nada faz nesse sentido, criticando o Governo pela posição pois considera que era “relevante e vital” um alívio do IRS.

Cecília Meireles sublinha ainda um “preconceito” contra o setor privado e uma “divisão absurda” ente público e privado em pontos fundamentais como a saúde.

“Há muitos portugueses que desesperam doentes por uma consulta ou cirurgia. Era vital que não se perdesse na capacidade que o setor privado tem em tratar estas pessoas”, concluiu.

VEJA AQUI APRESENTAÇÃO DO ORÇAMENTO DO ESTADO E AS RESPOSTAS ÀS DÚVIDAS SOBRE O DOCUMENTO