Orçamento do Estado

OE2021. Governo considera incompreensível o voto contra do Bloco de Esquerda 

BE vai votar contra o Orçamento do Estado para 2021 

O Governo diz que é incompreensível o voto contra do Bloco de Esquerda ao Orçamento do Estado para o próximo ano.

Numa conferência de imprensa em São Bento, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, deu exemplos das medidas propostas pelo Governo para dar resposta às exigências partido.

Bloco de Esquerda vai votar contra o Orçamento do Estado para 2021

O braço-de-ferro entre o Bloco de Esquerda e o Governo durava há semanas e Catarina Martins confirmou este domingo que o partido vai votar contra o Orçamento do Estado para 2021.

O anúncio foi feito no final de um dia de reuniões na sede do BE, em Lisboa, primeiro da comissão política e, à tarde, da mesa nacional, o órgão máximo do partido entre congressos, que votou por unanimidade o "não" ao orçamento.

"Este Orçamento do Estado falha na questão mais importante do nosso tempo. Não dá a Portugal a garantia de que teremos os técnicos e as condições suficientes para que os hospitais nos protejam. Quando tudo se pede ao Serviço Nacional de Saúde (SNS), este orçamento não tem o bom senso de o proteger. Por isso, a Mesa Nacional do Bloco de Esquerda decidiu por unanimidade votar contra a proposta do Orçamento, tal como está formulada", disse.

  • O primeiro dia de Web Summit 

    Web Summit

    Acompanhe aqui as palestras do palco principal. Neste primeiro dia, passam pelo palco nomes como Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit, o primeiro-ministro António Costa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, ou a atriz Gwyneth Paltrow.

    Em Direto

    SIC Notícias