Orçamento do Estado

Orçamento do Estado. PCP abstém-se na votação final

Votação final do Orçamento do Estado agendada para esta quinta-feira.

O PCP vai abster-se na votação final do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), na quinta-feira, na Assembleia da República, anunciou hoje o líder parlamentar comunista, João Oliveira.

Apesar de não ser o que o defendia para o Orçamento, as propostas do PCP aceites pelo Governo do PS permitem "uma resposta mais efetiva aos muitos problemas que a situação" do país coloca e "abrem caminho para que muitos outros não fiquem sem resposta", afirmou João Oliveira, numa conferência de imprensa no parlamento, na véspera da votação final global.

É uma abstenção que garante "importantes propostas e soluções pelas quais" o PCP se bateu, com "tradução na vida dos trabalhadores e do povo", mas também traduz "um distanciamento face a opções e critérios" o Governo das quais discorda, acrescentou.

Tammbém esta quarta-feira o Bloco de Esquerda anunciou o sentido de voto no Orçamento. A Comissão Política do BE defendeu a manutenção do voto contra na votação final global do Orçamento do Estado para 2021 com o argumento de que "o processo parlamentar não melhorou a proposta".