Orçamento do Estado

Orçamento do Estado para 2022 aprovado na generalidade

Orçamento do Estado para 2022 aprovado na generalidade

O documento segue agora para a discussão na especialidade.

A proposta do Orçamento do Estado para 2022 foi esta sexta-feira aprovada na generalidade, na Assembleia da República, em Lisboa.

O diploma foi aprovado pelos 120 deputados do PS, que tem maioria absoluta dos 230 lugares no Parlamento.

Teve os votos contra do PSD (77 deputados), Chega (12 deputados), Iniciativa Liberal (oito), PCP (seis) e BE (cinco deputados), totalizando 108 votos.

Os deputados únicos do PAN, Inês Sousa Real, e do Livre, Rui Tavares, decidiram abster-se.

O documento segue agora para a discussão na especialidade. A votação final está marcada para 27 de maio.

O Orçamento do Estado para 2022 contém as principais medidas que faziam parte da proposta orçamental do Governo chumbada em outubro passado por PSD, Bloco, PCP, PEV, Chega e Iniciativa Liberal. E inclui medidas que o anterior executivo minoritário do PS tinha negociado com a bancada comunista, como o aumento extraordinário das pensões até 1.108 euros.

Protestos nas galerias e momento de Santos Silva

Durante a votação, o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, não chamou os partidos que iam votar contra, uma vez que a proposta estava aprovada assim que a bancada socialista confirmou o voto a favor do orçamento.

No entanto, as cinco bancadas que votaram contra reclamaram o direito a levantarem-se para confirmar o sentido de voto, pedido ao qual o presidente do parlamento acedeu.

Ouviram-se ainda protestos nas galeiras da Assembleia da República. As pessoas foram retiradas do local pela polícia.

“As pressoas presentes nas galerias não participam na votação e devem mostrar respeito pelo desenrolar normal da votação”, afirmou Augusto Santos Silva.

Santos Silva ainda não tinha acabado de falar quando uma mulher que estava nas galerias protestou, apontando para o hemiciclo enquanto gritava “salários, salários”, tendo sido encaminhada pela polícia para fora do hemiciclo.

Saiba mais:

Especial Orçamento do Estado

Últimas Notícias
Mais Vistos