Protestos na Catalunha

Torra faz apelo formal para novo referendo na Catalunha

Albert Gea

Apelo do Presidente do Governo Regional da Catalunha foi proferido há instantes no Parlamento.

Quim Torra esteve esta manhã no Parlamento e fez um apelo "desobediência civil" ao pedir um novo referendo sobre a independência, desafiando o Tribunal Constitucional.


O presidente do Governo Regional da Catalunha falou no Parlamento, em Barcelona, após mais uma noite violenta, nas ruas.

Grupos de homens encapuzados atiraram ácido contra os mossos de esquadra, pedras, cocktails molotov e até material piroténico foi arremessado contra o helicópetero que sobrevoava a zona.

Eram menos que na noite anteior, mas mais agressivos, dizem as autoridades. Resultado: 20 detidos e mais de 50 feridos, entre eles vários agentes da polícia e jornalistas.

A capital da Catalunha voltou, esta manhã, ao normal com os serviços de limpeza da autarquia a apagar os últimos vestígios da "batalha" entre grupos de independentistas violentos e a polícia ocorrida na noite de quarta-feira.