Operação Marquês

Receber empréstimos não é crime, afirma defesa de José Sócrates

Receber empréstimos não é crime, afirma defesa de José Sócrates

Advogado do ex-primeiro-ministro acusa MP de motivações políticas.

A defesa de José Sócrates diz que não é crime o ex-primeiro-ministro ter recebido empréstimos. Durante a sessão desta quarta-feira, Pedro Delille acusou o Ministério Público de ter promovido um julgamento "na rua".

No debate instutório, onde foi apresentar os últimos argumentos, o advogado de Sócrates contestou ponto por ponto toda a acusação e garantiu que o antigo primeiro-ministro está inocente.

SÓCRATES ACUSADO DE TRÊS CRIMES DE CORRUPÇÃO

José Sócrates está acusado de três crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, 16 de branqueamento de capitais, nove de falsificação de documentos e três de fraude fiscal qualificada.

No seu depoimento na fase de instrução, José Sócrates reiterou que a acusação é "monstruosa, injusta e completamente absurda".