Vacinar Portugal

Previstos 162 centros de vacinação rápida em maio. Permitem processo quatro vezes mais eficiente

Gouveia e Melo diz que processo de vacinação contra a covid-19 vai acelerar.

A primeira fase do plano de vacinação deverá estar concluída a 11 de abril, apesar de algumas dificuldades. A data foi avançada esta quarta-feira pelo coordenador da task force no Parlamento.

Gouveia e Melo revelou também que os centros de vacinação rápida vão começar a operar em maio, altura em que o objetivo é vacinar 100 mil pessoas por dia.

A partir de agora o ritmo vai aumentar. Estão a ser preparados mais de 150 postos de vacinação rápida, que permitem um processo quatro vezes mais eficiente.

Quem já esteve infetado poderá ser vacinado. A idade passa a ser o critério quase exclusivo, com os mais velhos a serem vacinados primeiro.

Durante a audição parlamentar, Gouveia e Melo afastou ainda uma nova suspensão da vacina da AstaZeneca, já que a Agência Europeia de Medicamentos mantém a confiança na vacina.