Vacinar Portugal

Utentes recebem mensagens falsas para a vacinação contra a covid-19 

Rui Flórido

Rui Flórido

Repórter de Imagem

Vítor Moreira

Vítor Moreira

Editor de Imagem

A população de Caminha está a receber mensagens falsas a convocar os utentes para a vacinação da covid-19. Mas nem só as mensagens são falsificadas, também há telefonemas falsos para os utentes suspenderem a medicação que tomam habitualmente. 

A população de Caminha está a receber mensagens e chamadas falsas de números desconhecidos e o alerta foi dado este sábado pelo presidente da Câmara.

Os utentes são convocados através de mensagens para tomar a vacina contra a covid-19, mas essa notificação é falsificada.

As autoridades garantem que a população é sempre convocada através de chamadas telefónicas que nunca são efetuadas de contactos anónimos.

A população também está a receber chamadas anónimas a informar que para serem vacinados, têm de suspender a medicação que tomam habitualmente. Estes telefonemas também são falsos.

De acordo com o presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, Franklin Ramos, parar de tomar a medicação pode pôr em causa a vida dos utentes.

As mensagens e os telefonemas falsos foram registados apenas em Caminha.

O caso foi entregue ao Ministério Público.

As autoridades deixam o alerta: caso tenha dúvidas da veracidade das chamadas ou das mensagens que recebe, deve ligar para o seu médico de família ou para o centro de saúde.