Vacinar Portugal

DGS avalia vacinação entre os 12 e 15 anos. Tema não é consensual e gera reservas em vários pediatras

Vacinação dos jovens com mais de 16 anos deve arrancar a 14 de agosto.

Com o plano de vacinação a avançar em todo o país, aproxima-se a vez dos mais jovens. E a equipa responsável pelo plano de vacinação tem um calendário traçado.

"Em 14 de agosto começamos vacinação dos 16 aos 17 anos. Estão dentro do plano. Depois, entre os 12 e os 15 anos, nos fins de semana a seguir, se a DGS acordar a importância da vacinação desta faixa", explica o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, coordenador do palno de vacinação contra a covid-19.

A Direção-Geral da Saúde tem ainda de definir se a vacinação arranca para estas idades apenas para os menores com doenças de risco ou se para a toda faixa etária.

A ministra da Saúde, Marta Temido, diz que Governo quer "naturalmente" uma decisão o quanto antes e que está "preparado para vacinar em termos logísticos e quantidades de vacinas".

O tema não é consensual e tem gerado reservas de vários pediatras, que pedem mais tempo para avaliar os beneficios da vacinação já nesta fase a menores de 16 anos. A Ordem dos Enfermeiros também prefere aguardar. Mas no encontro do Infarmed, reforçou-se a ideia de que a vacinação de crianças e jovens será decisiva para o próximo inverno.

Até agora, a Agência Europeia do Medicamento autorizou a administração de vacinas da Moderna e da Pfizer para maiores de 12 anos.

VEJA TAMBÉM: