A vacinação em Portugal e no Mundo

Comité de vacinação do Reino Unido altera recomendação de idade para vacina da AstraZeneca

Em causa está o risco de coágulos.

O comité de vacinação do Reino Unido alterou a recomendação de idade para a vacina da AstraZeneca, devido ao risco de coágulos.

Até agora, para quem tinha menos de 30 anos era aconselhada uma vacina alternativa à da AstraZeneca, mas perante o risco de coágulos, apesar de mínimo, o comité de vacinação britânico decidiu alterar a faixa etária para os menores de 40 e aconselha se disponíveis as vacinas da Pfizer ou da Moderna.

Em França, partir de quarta-feira, não há limite de idade para se marcar a vacinação, se houver doses disponíveis. O objetivo é que até o fim do mês um terço da população tenha tomado, pelo menos, a primeira dose.

Se na primeira vaga, 40% das mortes por covid-19 em França ocorreram em lares de idosos, os últimos dados, de maio, referem apenas 1% das vítimas mortais. A vacinação ajuda a explicar a descida. 99% dos residentes já receberam pelo menos uma dose e mais de três quartos as duas.

Em Espanha, com a descida de contágios e o fim do estado de alarme, este domingo, os hotéis preparam a época de verão e a chegada de turistas que irão revitalizar a economia.

A Alemanha terá superado a terceira vaga da pandemia com a redução do número de casos, nas últimas semanas. 31,5% da população já recebeu uma dose da vacina e 9% as duas.

Na Polónia haverá um alívio das restrições para todos devido à descida do número de casos e ao aumento da vacinação. Museus e centros comerciais já reabriram e dia 15 restaurantes e cafés podem servir nas esplanadas.