A vacinação em Portugal e no Mundo

Terceira dose da vacina? Alemanha admite que pode ser necessária

Investigador português considera que o alerta é prematuro.

As autoridades sanitárias alemãs admitem que venha a ser necessário, no próximo ano, administrar uma terceira dose da vacina contra a covid-19.

A possibilidade tem estado em cima da mesa e agora é o presidente da Comissão Permanente de Vacinação alemã quem o diz, numa entrevista acabada de publicar: o mais tardar no próximo ano, deverá ser necessária uma campanha nacional para a terceira dose da vacina contra a covid-19.

Falta a confirmação oficial, mas o alerta está dado. O investigador Miguel Prudêncio é mais cauteloso.

"Neste momento estarmos a afirmar peremtoriamente que vai ser necessária uma terceira dose quando é algo permaturo porque não temos dados suficientes para saber a duração da proteção que se obtém com as duas doses do esquema vacinal", disse o investigador português.

As empresas farmacêuticas Pfizer e BioNTech tinham alertado para a possibilidade de ser necessária uma terceira dose para fortalecer a imunidade, mas a duração dessa imunidade continua a ser um ponto de interrogação para a comunidade científica.