Os números da Covid-19

Portugal com mais 3 mortes e 756 casos de covid-19 em 24 horas

MARIO CRUZ

Portugal Continental entra na zona vermelha da matriz de risco.

Portugal contabiliza esta segunda-feira mais 3 mortes e 756 novos casos de covid-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 17.068 mortes e 865.806 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando esta segunda-feira ativos 28.657 casos, mais 360 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 443 doentes, mais 38 do que no dia anterior. Nos cuidados intensivos estão 97 doentes.

Os dados indicam ainda que mais 393 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 820.081 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 40.519 contactos, mais 1.629 relativamente ao dia anterior.

Mais de metade dos novos casos de infeção (484) continua a ser registada na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se verificaram também as três mortes.

Portugal continental na zona vermelha da matriz de risco

A taxa de incidência nacional é de 119,3 casos de infeção por 100.000 habitantes. No continente é de 120,1.

O R(t) nacional é de 1,18, do continente é de 1,19.

Os dados dos indíces R(t) e da incidência são atualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Dados por região

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 484 novas infeções, contabilizando-se até agora 331.521 casos e 7.241 mortos.

A região Norte tem hoje 126 novas infeções por SARS-CoV-2, totalizando 343.638 casos de infeção e 5.361 mortes desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 28 casos, acumulando-se 121.014 infeções e 3.027 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 23 casos, totalizando 30.653 infeções e 972 mortos desde o início da pandemia.

Na região do Algarve o boletim de hoje revela que foram registados 69 casos, acumulando-se 23.155 infeções e 365 mortos.

A região Autónoma da Madeira registou três casos, somando 9.845 infeções e 69 mortes devido à covid-19 desde março de 2020.

Os Açores têm hoje 23 novos casos e contabilizam 5.980 casos e 33 mortos desde o início da pandemia.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

Dados por género e faixa etária

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 394.083 homens e 471.309 mulheres, mostram os dados da DGS, segundo os quais há 414 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Do total de vítimas mortais, 8.957 eram homens e 8.111 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de mortes, 11.206 eram pessoas com mais de 80 anos, 3.641 com idades entre os 70 e os 79 anos, e 1.537 tinham entre os 60 e os 69 anos.

210 incumprimentos à proibição de circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa

A Guarda Nacional Republicana (GNR) registou entre as 15:00 de sexta-feira e as 06:00 desta segunda-feira 210 situações de incumprimento à proibição de entrar e sair na Área Metropolitana de Lisboa (AML), segundo fonte da guarda.

A circulação de e para a AML, que estava proibida desde as 15:00 de sexta-feira na sequência da subida dos casos de covid-19 neste território, foi retomada às 06:00 desta segunda-feira.

A decisão de proibir as deslocações de e para a AML no fim de semana foi anunciada na quinta-feira pelo Governo, no final da reunião do Conselho de Ministros.

A proibição de circulação de e para a AML teve, contudo, 18 exceções entre as quais "motivos de saúde ou por outros motivos de urgência imperiosa".

Governo vai aprovar decreto-lei para certificado covid ser utilizado em Portugal

O Governo vai aprovar um decreto-lei na próxima reunião do Conselho de Ministros para que o certificado covid seja utilizado em Portugal. A informação foi avançada este domingo pelo comentador da SIC Luís Marques Mendes.

LINKS ÚTEIS

MAPA COM OS CASOS A NÍVEL GLOBAL

  • Dentro do coração
    4:23

    Futuro Hoje

    Há 7 anos no Futuro Hoje mostrámos pela primeira vez um pacemaker que se instala dentro do coração. Em Portugal há muitas pessoas a quem este aparelho salvou a vida. Só o Dr. Diogo Cavaco, cardiologista que introduziu esta técnica no país, já instalou mais de cem aparelhos destes.