Os números da Covid-19

Covid-19: morreram 6 pessoas em Portugal nas últimas 24 horas e há mais 832 casos

PATRICIA DE MELO MOREIRA

O último balanço da Direção-Geral da Saúde.

Portugal contabiliza esta terça-feira mais seis mortes e 832 novos casos de covid-19, segundo o relatório diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 18.106 mortes e 1.032.802 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando hoje ativos 30.021 casos, menos 184 em relação a ontem.

O boletim da DGS revela que estão internados 299 doentes, menos 13 do que na segunda-feira. Nos cuidados intensivos estão 60 doentes, menos dois.

Os dados indicam ainda que mais 1.010 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 1.032.802 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 20.675 contactos, menos 499 relativamente a ontem.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 580.416 mulheres e 499.773 homens, segundo os dados da DGS, segundo os quais há 740 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Entre as novas infeções destaca-se a faixa etária dos 20 aos 29 anos (mais 171), seguida dos 40 aos 49 anos (mais 140), dos 30 aos 39 (mais 130), dos 50 aos 59 anos (mais 101), dos 60 aos 69 anos (mais 70), dos 0 aos 9 anos (mais 64), dos 10 aos 19 (mais 61), dos 70 aos 79 anos (mais 58) e dos mais de 80 anos (mais 37).

A região de Lisboa e Vale do Tejo e a região Norte concentram 68% das infeções assinaladas nas últimas 24 horas.
Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 317 novas infeções, contabilizando-se até agora nesta área geográfica 417.452 casos e 7.710 mortos.

A região Norte registou 251 novas infeções por SARS-CoV-2, totalizando 413.726 casos de infeção e 5.587 óbitos desde o início da crise pandémica.

Na região Centro registaram-se mais 169 casos, perfazendo 144.907 infeções e 3.170 mortos.

No Alentejo foram assinalados 32 novos casos de infeção, totalizando 39.815 contágios e 1.047 mortos desde o início da pandemia.

Na região do Algarve, o boletim de hoje da DGS contabiliza 41 novos casos, acumulando-se 43.414 contágios pelo SARS-CoV-2 e 475 óbitos.

A região Autónoma da Madeira contabilizou 14 novos casos, somando 12.468 infeções e 73 mortes devido à doença covid-19 desde março de 2020.

Nas últimas 24 horas, e segundo a DGS, os Açores registaram oito novos casos, o que eleva para 9.147 contágios desde o início da pandemia e 44 mortes devido à doença.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

EMA avalia administração de vacina da Pfizer a crianças entre 5 e 11 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla inglesa) começou a avaliar a utilização da vacina Comirnaty da farmacêutica Pfizer/BioNTech para a covid-19 em crianças dos cinco aos 11 anos de idade.

Rogelio V. Solis

A vacina contra a covid-19 Comirnaty está atualmente autorizada para utilização em pessoas com 12 ou mais anos de idade, que contém uma molécula chamada RNA mensageiro (mRNA) com instruções para a produção de uma proteína naturalmente presente no SARS-CoV-2 e preparando o corpo para se defender contra o vírus que causa a covid-19.

O comité de medicamentos humanos (CHMP) da EMA irá rever os dados sobre a vacina, incluindo os resultados de um estudo clínico em curso que envolveu crianças dos cinco aos 11 anos de idade, a fim de decidir se recomenda ou não o alargamento da sua utilização.

O parecer do CHMP será então transmitido à Comissão Europeia, que emitirá uma decisão final.

Covid-19: DGS muda as regras para recuperados que só tomaram uma dose da vacina

Os recuperados de covid-19 vão poder tomar a segunda dose da vacina se quiserem viajar para o Reino Unido ou o Canadá - países que obrigam quem só tem uma dose a fazer quarentena à chegada.

Em Portugal, quem já teve covid-19 só precisa de tomar uma dose das vacinas da Moderna, Pfizer/BioNTech ou AstraZeneca para ser considerado totalmente vacinado.

Quem viajar para o Reino Unido, por exemplo, é obrigado a ficar 10 dias em quarentena se só tiver uma dose destas vacinas, mesmo que já tenha tido covid. Já no caso do Canadá, a quarentena obrigatória é de 14 dias.

Por isso, a DGS mudou as regras. A partir de agora, quem já teve covid e tiver tomado apenas uma dose, pode recorrer a qualquer centro de vacinação e pedir a administração da segunda dose, se precisar de viajar para o estrangeiro.

Nesta situação estão cerca de um milhão de portugueses. Foram infetados, recuperaram e tomaram apenas uma dose.

Veja também:

  • Esqueçam o atrás...

    Tenham noção

    O recado de Rodrigo Guedes de Carvalho sobre redundâncias. Tenham noção que dizer ou escrever "há cinco anos atrás", "subir para cima" ou "descer para baixo" é desnecessário.

    SIC Notícias