Violência em Moçambique

Campanha "Por Moçambique" junta Catarina Furtado e Mia Couto

Foi lançada uma campanha de angariação de fundos para a população de Cabo Delgado, em Moçambique. Os donativos podem ser enviados para as três organizações internacionais que se associaram à iniciativa "Por Moçambique".

Os ataques terroristas em Cabo Delgado começaram em 2017, e fizeram mais de 2.500 mortos e de 700 mil deslocados.

Catarina Furtado e Mia Couto são os porta-vozes de uma campanha de angariação de fundos que alerta para as violações dos direitos humanos na província do norte de Moçambique e que quer apelar à ação do governo do país e da sociedade civil.

UNICEF, Cáritas e Oikos são as três organizações que vão receber os donativos. Podem ser feitos através do NIB disponível nas redes sociais da campanha.

Foi também criada uma canção, escrita por Pedro Vaz Marques, um dos mentores do projeto, para incentivar os portugueses a aderir à iniciativa.

Veja também:

  • 1:21