Mundo

Uber vai retirar-se provisoriamente da Dinamarca

A plataforma de reserva de viaturas com motorista Uber anunciou esta terça-feira que vai retirar-se provisoriamente da Dinamarca, onde uma nova regulamentação torna a sua atividade na prática impossível.

"A Uber decidiu cessar a sua atividade na Dinamarca por causa da nova lei sobre táxis", explicou o porta-voz da plataforma no país, Kristian Agerbo, numa conferência de imprensa.


"Não é necessariamente um adeus à Dinamarca mas devido à legislação não podemos continuar", acrescentou, citado pela agência Ritzau.
A Uber vai interromper a sua atividade a partir de 18 de abril.


A decisão foi tomada depois da aprovação no Parlamento, em fevereiro passado, de nova legislação, preparada sob pressão dos taxistas e contra a qual a Uber lançou uma petição que viria a reunir perto de 40 mil assinaturas.


O texto aprovado exige que os veículos estejam equipados com taxímetros e com sensores de ocupação de assentos para ativar os 'airbags'.


"Uma exigência dispendiosa e inútil porque a tecnologia permite soluções melhores e mais baratas", segundo a Uber.


A plataforma afirma ter 2 mil motoristas e 300 mil clientes na Dinamarca desde 2014.

Lusa