Mundo

Pentágono conclui que míssil norte-coreano não ameaçou os EUA

O Pentágono informou em comunicado que o míssil disparado na segunda-feira pela Coreia do Norte não ameaçou o território norte-americano. Já esta terça-feira, surgiu a informação, avançada pela agência AFP, de que tinha ocorrido um novo disparo norte-coreano sobre território japonês, mas tal informação acabou por não se confirmar.

As forças norte-americanas apuraram que o míssil, disparado ontem de uma base perto de Pyongyang e que caiu no Oceano Pacífico, não constituía qualquer perigo para o continente norte-americano nem para a ilha de Guam, especificou o comunicado do Departamento da Defesa dos Estados Unidos.

"O Comando de Defesa Aeroespacial americano determinou que este míssil balístico lançado não apresentou uma ameaça à América. O Comando americano do Pacífico determinou que este míssil balístico lançado não apresentou uma ameaça à ilha de Guam", assinalou o Pentágono.

Segundo um porta-voz do primeiro-ministro japonês, o míssil sobrevoou a ilha de Hokkaido, no norte do país, e caiu em águas do Pacífico a 1.180 quilómetros da costa japonesa.

Estes lançamentos ocorrem num contexto de tensão exacerbada entre Washington e Pyongyang.

  • Os tsunamis que arrasaram a Ásia em 2004 e 2011
    25:20