Mundo

Protestos em Belém contra a decisão de Trump sobre Jerusalém

Protestos em Belém contra a decisão de Trump sobre Jerusalém

A poucas horas de se celebrar o Natal, os protestos mantêm-se na Cisjordânia. Belém, tida como o local de nascimento de Jesus, segundo a religião católica, foi palco dos confrontos. Dezenas de palestinianos, alguns vestidos de Pai Natal, manifestaram-se contra a decisão de Donald Trump em reconhecer Jerusalém como capital de Israel.

  • "EUA estão isolados e desacreditados"
    1:12

    Mundo

    A Palestina não aceita nenhum plano de paz que venha dos Estados Unidos. a garantia foi deixada hoje pelo presidente palestiniano, no final de um encontro com Emanuel Macron, em Paris. Mahmoud Abbas lançou duras críticas aos Estados Unidos que considera não ser um mediador neutro nas negociações de paz. Emanuel Macron assegurou também que a França não concorda com a decisão de Donald Trump em reconhecer Jerusalém como capital de Israel e acredita que Washington está isolado.

  • França vai reconhecer estado da Palestina "no momento certo"
    0:41

    Mundo

    Os presidentes francês e da Autoridade Palestiniana encontraram-se esta sexta-feira e, numa conferência de imprensa, criticaram o reconhecimento pelos EUA de Jerusalém como capital de Israel, considerando respetivamente que Washington está isolado e que ficou desacreditado. Para Emmanuel Macron, "decidir unilateralmente reconhecer a Palestina" não seria eficaz. "Seria uma reação" à decisão norte-americana "que provocou agitação na região".