Mundo

ONU pede que Julian Assange seja tratado com justiça e respeito

ONU pede que Julian Assange seja tratado com justiça e respeito

O fundador da Wikileaks esteve sob asilo político na embaixada do Equador em Londres durante sete anos até ser detido pela polícia britânica.

O alto comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos expressou esta sexta-feira preocupação e pediu a todas as autoridades envolvidas que garantam que Julian Assange é tratado com justiça e respeito.

Assange está detido por violação de liberdade condicional por não se ter apresentado à justiça britânica em 2012, quando procurou asilo na Embaixada do Equador. Os norte-americanos querem julgá-lo por pirataria informática e conspiração.

  • "Vamos a Jogo" com Helton e Ukra
    22:17