Mundo

Três franceses condenados à morte por pertencerem ao Daesh no Iraque

Suspeitos de pertencerem ao Daesh (ou autoproclamado Estado Islâmico) aguardam pela sentença do Tribunal contra o terrorismo de Bagdade, no Iraque. Mais de 3.000 penas de morte foram decretadas nos últimos anos no país.

Maya Alleruzzo

Juiz do tribunal de Bagdade confirmou veredito inédito para cidadãos de França no Iraque.

Três franceses foram hoje condenados à morte por pertencerem ao grupo Estado Islâmico, disse à agência France Presse o juiz do tribunal de Bagdade que os julgou, um veredito inédito para cidadãos de França no Iraque.


Os condenados são Kevin Gonot, Leonard Lopez e Salim Machou, presos na Síria por uma aliança árabe-curda anti-Estado Islâmico, antes de serem transferidos com outros nove franceses no Iraque em fevereiro.


De acordo com a lei iraquiana, estes três cidadãos franceses têm 30 dias para recorrer da decisão.

Lusa