Mundo

António Guterres "é um feminista convicto" responsável por "feito histórico"

António Guterres "é um feminista convicto" responsável por "feito histórico"

Afirmação da presidente Assembleia-Geral da ONU sobre o português que lidera a Organização das Nações Unidas e que, segundo, Maria Fernanda Espinosa, protagonizou um "feito histórico" na instituição

A presidente da Assembleia-Geral da ONU disse que António Guterres fez com que mulheres assumam o maior número de cargos de chefia nas Nações Unidas.

Maria Fernanda Espinosa considera o secretário-geral como um grande parceiro para impulsionar a participação das mulheres na vida política.