Mundo

Antigo vice-presidente Joe Biden é o candidato presidencial democrata mais rico

Brian Snyder

Ganhou cerca de 16 milhões de dólares (14 milhões de euros) entre 2017 e 2018, depois de ter saído do cargo.

Este montante que significa que Biden é o mais rico dos candidatos presidenciais democratas. Biden obteve os seus rendimentos de conferências, cursos dados nas universidades e receitas obtidas com o seu emotivo livro autobiográfico, centrado nos últimos meses do seu filho Beau, falecido em 2015, devido a um cancro, detalhou a sua equipa de campanha, em comunicado.

Proclamando-se um defensor da "classe média", popular entre os operários, o antigo vice-presidente de Barack Obama "divulga assim as suas declarações de impostos dos últimos 21 anos, mais do que todos os outros candidatos", segundo o comunicado, onde também se sublinha que o Presidente republicano, Donald Trump, nunca o fez.

O ocupante da Casa Branca, magnata do imobiliário, é o primeiro Presidente norte-americano, depois de Richard Nixon, a recusar-se a fazê-lo.Kamala Harris, que surge em segundo lugar nas sondagens sobre os candidatos democratas, revelou dois milhões de dólares em 2018, na declaração conjunta com o seu esposo, um advogado.

O senador independente Bernie Sanders, outro candidato pelo Partido Democrata, revelou recentemente que tinha alcançado o estatuto de milionário, graças aos adiantamentos e aos direitos do seu livro "Our Revolution: A Future To Believe In", traduzido em cinco línguas. Esta obra permitiu-lhe, na sua declaração conjunta, declarar cerca de um milhão de dólares ganhos em 2016 e outro tanto em 2017.

Lusa