Mundo

"O segredo para fazer 107 anos? Não casar"

Fonte: WCBS

A receita para a longevidade chega do Bronx, em Nova Iorque e não se fica pelo estado civil.

Fonte: WCBS

Fonte: WCBS

Louise Signoren nasceu em 1912 em Manhattan, Nova Iorque, no ano em que o Titanic afundou no oceano Atlântico.

De uma uma das cidades mais movimentadas do mundo assistiu à viragem do século e do milénio.

A viver no Bronx desde os 14 anos e à chegada ao Centro comunitário Bartow Community Center em Coop City, onde hoje passa grande parte dos seus dias, Louise ficou surpreendida pela festa, que juntou cerca de uma centena de convidados.

"Desde os 99 anos que faço festa de anos. Porquê tanto burburinho? Já tive festas de anos a mais", ironizou a aniversariante Louise Signoren à WCBS, uma afiliada da CNN.

O sentido de humor salta à vista e diz quem a conhece de perto que é "marca registada". Ao aperceber-se da presença dos jornalistas, Louise apressou-se a dizer que não compreendia o burburinho e quem não lhe apetecia responder a perguntas da comunicação social.

No final, não só conversou com a jornalista, como desvendou os segredos da longevidade:

"Fazer exercício. Eu faço exercício. Se aqui se dança, eu danço. Ainda hoje continuo a dançar. Depois do almoço jogo Bingo e tenho um dia em grande", afirmou a mulher que tem uma irmã mais nova de 102 anos que não pôde assistir à festa.

A longevidade parece estar, assim na família, mas o segredo de viver bem tantos anos foi dançar toda a vida e reduzir o stress.

"Acho que o segredo de fazer 107 anos foi não ter casado. É esse o segredo!! A minha irmã está sempre a dizer que não devia ter casado.", afirmou Louise à jornalista

Fonte: WCBS

Fonte: WCBS

Fonte: WCBS

Fonte: WCBS

Sentada à mesa, falta partilhar mais um segredo para se viver muito e bem: a comida, italiana, sempre!

"Fui criada com comida italiana, muito e muito boa! Não há açúcar nem refrigerantes", afirmou Louise sobre a importância de uma dieta saudável e equilibrada.

Hoje há bolo e Louise não recusa.

De sorriso rasgado e olhar límpido, Louise já passou por muito nestes 107 anos. Está praticamente cega, recuperou de uma pneumonia recentemente e aos 103 anos foi assaltada e o apartamento onde vive em Nova Iorque roubado.

"Não tomo medicamentos. Tenho 107 anos e o único comprimido que tomo é o da pressão arterial, apenas!" garantiu Louise

A alegria de viver é notória e até levou a repórter da CBS em Nova Iorque a publicar o exemplo nas redes sociais.

  • 246 mortos e quase 10 mil casos de Covid-19 em Portugal

    Coronavírus

    O último balanço da DGS dá conta de 246 mortes e 9.886 casos de Covid-19 em Portugal. São mais 37 óbitos e 852 infetados em relação a ontem. Nas últimas 24 horas, Espanha registou mais 932 mortes e 7.472 casos. O balanço de vítimas em território espanhol ascende agora a 117.710 infetados e 10.935 vítimas mortais. A edição deste ano do festival Rock in Rio em Lisboa foi adiada para 2021. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    SIC Notícias