Mundo

Músico morre depois de ser arrastado por urso-pardo no Canadá

Jim Urquhart

Os ataques deste animal são bastante raros.

Um franco-canadiano morreu depois de ser atacado por um urso-pardo, no Canadá, anunciou a polícia na segunda-feira.

Julien Gauthier, de 44 anos, era músico e estava a viajar pelo Rio Mackenzie para gravar sons da natureza, para um projeto, quando foi atacado pelo animal durante o sono, avançou a BBC.

A bióloga Camille Toscani acompanhava o músico durante a viagem e foi quem deu o alerta, por volta das 07h15 (hora local), indicando que o homem tinha sido arrastado pelo urso-pardo a meio da noite, sendo que os ataques deste animal são muito raros.

A polícia canadiana teve que recorrer a um helicóptero para conseguir aceder à área do ataque, que era de difícil acesso, e também devido às condições meteorológicas. O corpo de Julien Gauthier foi encontrado no dia seguinte.

A orquestra Sinfónica da Bretanha, na França, postou no facebook uma mensagem de tributo ao músico que tinha "um sentido de aventura, admiração e rara inteligência".