Mundo

Trump propõe proibição de aromas nos cigarros eletrónicos

MICHAEL REYNOLDS

A proposta será feita devido ao surto de problemas respiratórios.

O Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, anunciou hoje que a sua administração vai propor a proibição de milhares de sabores usados nos cigarros eletrónicos, na sequência de um surto de problemas respiratórios.


Segundo a Associated Press, as autoridades de saúde estaduais e federais estão a investigar centenas de doenças respiratórias registadas em pessoas que usaram cigarros eletrónicos e outros dispositivos 'vaping' (que vaporizam produtos). Nenhum dispositivo, ingrediente ou aditivo foi identificado.


O secretário de Saúde e Serviços Humanos, Alex Azar, disse que a Food and Drug Administration (FDA) desenvolverá diretrizes para retirar todos os sabores de cigarros eletrónicos do mercado, especialmente aqueles que são apreciados por crianças.


As autoridades de saúde norte-americanas pediram a semana passada às pessoas para deixarem de usar cigarros eletrónicos, depois de ter sido anunciada a terceira morte suspeita de estar associada a esta prática.


Nos últimos meses, as autoridades de saúde identificaram 450 pessoas com doenças que podem estar ligadas ao uso de cigarros eletrónicos em 33 estados dos EUA.


Apesar de nenhum dispositivo de vaporização, líquido ou ingrediente dos cigarros eletrónicos estar comprovadamente ligado às doenças, os médicos suspeitam de alguma relação entre a prática do uso de cigarros eletrónicos e os casos clínicos registados.

Lusa